_DSC0103

ÚLTIMA HORA – Reserva de bilhetes online

A organização do festival BailaRia decidiu colocar os bilhetes para o festival em venda antecipada, devido aos inúmeros pedidos de reserva, à grande adesão ao evento e à lotação do recinto.

Assim, todos os que pretenderem vir ao festival devem fazer transferência do valor do bilhete (http://www.bailaria.com/informacoes/bilhetes/) para:

IBAN: PT 50 0035 0303 00082068000 85

BIC SWIFTCGDIPTPL.

E enviar comprovativo de pagamento para o email: bailaria.festival@gmail.com com o nome completo de cada pessoa e caso haja crianças, e idade das mesmas.

Solicitamos e agradecemos que, todos façam reserva on-line do bilhete.

A lotação do recinto é de 250 pessoas e quando o número for atingido a bilheteira será encerrada.

IMG_5634 (1)

O que trazer

Já começaste a fazer a mala e a pensar no que tens de trazer para 3 dias de BailaRia?

Para te ajudar vamos dar-te umas dicas.

As previsões meteorológicas são de máximas de 30º e mínimas de 17ºC. Aconselhamos-te a trazer chapéu, guarda-sol e tudo o que te lembrares para proteger a tua tenda, pois no parque de campismo não há sombras.

O protetor solar é essencial e o repelente para os mosquitos poderá ser importante, lembra-te que estarás na Ria Formosa, um ecossistema rico e variado.

A ilha de Faro tem apenas dois minimercados (um ao lado do parque de campismo e outro um pouco mais longe).

No Montenegro (4,5km da praia, próximo do aeroporto), há um supermercado (AlgarTalhos), um Pingo-Doce (Estrada Principal em direcção à Praia de Faro, antes do aeroporto) e um Aldi (Junto à rotunda aérea); uma peixaria “À Prova d’Água” com Peixe Fresco, que está aberto na Sexta e Sábado de manhã; algumas pastelarias com pão fresco (Por exemplo: Doce Rico perto do AlgarTalhos), vários restaurantes com a possibilidade de comerem peixe fresco ou arroz de Lingueirão, especialidade da zona, a preços possivelmente mais acessíveis do que na Praia.

No Sábado de manhã, haverá no Montenegro, um pequenino mercado de legumes, frutas, mel, figos de agricultores da zona

Em Faro há vários supermercados, o mercado municipal e outras lojas de alimentação onde poderás comprar tudo o que precisares. No Domingo de manhã, haverá em Faro – largo do Carmo, um mercado de legumes, frutas, mel, figos e outros produtos de agricultores da zona

Consulta a página O que trazer e consulta a nossa lista de sugestões.

IMG_5526 (1)

Acesso condicionado à Praia de Faro

O acesso à Praia de Faro está condicionado por obras de requalificação. A ponte que está a ser reabilitada é o único acesso terrestre à ilha.

Durante as horas de maior afluência à praia, prevê-se longos tempos de espera para se conseguir entrar e estacionar na ilha. Pelo que aconselhamos que venham com tempo e guardem alguma paciência para o trajecto final.

Aconselhamos que se abasteçam de tudo o que necessitam antes de chegarem à ilha de Faro, para não terem de usar o carro durante os dias do festival.

Depois de estacionar será só aproveitar.

_DSC1056

Jantar partilhado

Depois de um primeiro dia cheio de oficinas de danças e actividades variadas convidamos todos a partilharem a sua especialidade culinária, pode ser uma entrada, salada, prato principal, acompanhamento ou sobremesa. Peixe, carne, vegetariano, sejam originais.

Tragam também bebidas, prato, copo/caneca e talheres não descartáveis.

Na praia de Faro há apenas um minimercado, pelo que aconselhamos a abastecerem-se antes de chegarem à ilha.

11541464_10153385965103288_2047210609_o

Acroyoga para todos

Depois do enorme sucesso da primeira edição, o “AcroYoga para todos” volta ao Bailaria para um fim de tarde inesquecível.

O Acroyoga é uma prática comunitária que alimenta a conexão e cultiva o jogo em companhia, enquanto se ultrapassam limites e se trabalha a confiança.

Pela união [Yoga] das extremidades [Akro], dois corpos tornam-se um, partilhando o peso, a gravidade, o equilíbrio, os desafios, os sorrisos e as gargalhadas!

O Filipe Santos e a Sara Roda preparam momentos de práticas fundamentais, na forma de jogos para crianças de todas as idades e tamanhos

Para esta atividade devem trazer:

  • Vontade de brincar.
  • Roupa confortável e que não impeça os movimentos.
  • Tapete de yoga e/ ou toalha de praia.
  • Água.
  • Protector solar.
12010510_1030204233669940_7614603713388060628_o

Oficina de mazurkas (nível médio/avançado)

Já sabes dançar mazurka, mas queres evoluir mais? Queres aprender variações? Dicas para guiar e ser guiada? Então não podes perder a oficina de mazurkas (nível médio/avançado) no domingo pelas 11h com a Hel´ga.

De origem Ucraniana, Hel´ga , reside actualmente em Espanha onde desenvolve a sua carreira artística em várias vertentes. Conta com mais de 15 anos de experiência e formações em vários tipos de dança, desde o tango, à árabe,ao flamenco, às tradicionais, forró, entre outras.

172470_1299643946517_1261241_o

As Histórias mágicas da cartola pintarola!

Ana Lúcia Silva apresenta o seu projecto de momentos mágicos entre pais e filhos, onde as histórias são contadas de forma lúdica e divertida com a participação de todos.

Inicia-se com alguns jogos quebra-gelo, seguindo-se as histórias mágicas da cartola pitarola e da sua amiga Pimponeta.

Serão com certeza momentos de alegria, partilha, risos, troca de olhares e muita cumplicidade entre todos os participantes.

_DSC0463

Oficina de Dança com Fátima Monteiro

O bailaRia é para todos: para os viciados em danças e festivais, para os músicos, para os aprendizes, para os curiosos, para os iniciados nestas andanças e até para os pés de chumbo.   Porque os pés de chumbo hoje serão os bailarinos de amanhã, a Fátima Monteiro organizou uma oficina de danças para iniciados , onde irá ensinar as danças mais comuns nos bailes folk, como Chapelloise, Círculo Circassiano, Gavotte d’ aven, Hanter-dro, Bourrée, entre outras. Será uma oficina simples, com muitas dicas, sorrisos gigantes e muita diversão.

sete

Dança Contemporânea no bailaRia

O bailaria é um festival entre a ria e o mar, com diversas vertentes artísticas.
A dança contemporânea terá o seu lugar especial no espetáculo de encerramento, no domingo dia 12 de Junho, na praia de Faro.
A coreografa Ana Filipe Antunes irá apresentar uma performance onde 7 corpos estão expostos a um zero, que vivem o aqui e o agora.
Ana Filpe Antunes Iniciou os seus estudos em dança aos 6 anos em Faro, frequentou o Conservatório Regional do Algarve e em Setembro de 1999 ingressou na Escola Superior de Dança onde concluiu a licenciatura no Ramo Educação.